Nossa Música Prepara Para a Chuva Serôdia?

Este é um pequeno trecho extraído ou preparado com base em uma palestras da série "Música, Bênção ou Maldição?".
Para informações adicionais clique aqui

Quanto aos nossos grandes encontros, nossas conferências, nossos congressos, nossas "reuniões campais", como dizia a irmã White, algo muito perigoso está acontecendo, especialmente no que diz respeito aos nossos métodos de trabalho relacionados com a música. Vejam o que foi predito:

"O SENHOR mostrou-me que seriam introduzidos em nossas reuniões campais teorias e métodos errôneos, e que a história do passado se repetiria. Senti-me grandemente aflita.

"Fui instruída a dizer que, nessas demonstrações, acham-se presentes demônios em forma de homens, trabalhando com todo o engenho que Satanás pode empregar para tornar a verdade desagradável às pessoas sensatas; que o inimigo estava procurando arranjar as coisas de maneira que as reuniões campais, que têm sido o meio de levar a verdade da terceira mensagem angélica perante as multidões, venha a perder sua força e influência.

"A mensagem do terceiro anjo deve ser dada em linhas direitas. Importa que seja conservada isenta de todo traço das vulgares, infelizes invenções das teorias humanas, preparadas pelo pai da mentira, e disfarçadas, como a serpente brilhante empregada por Satanás como meio de enganar a nossos primeiros pais. Assim busca Satanás pôr seu selo sobre a obra que DEUS quer que se destaque em pureza.

"O ESPÍRITO SANTO nada tem que ver com tal confusão de ruído e multidão de sons como me foram apresentadas em janeiro último. Satanás opera entre a algazarra e a confusão de tal música, a qual, devidamente dirigida, seria um louvor e glória para DEUS. Ele torna seu efeito qual venenoso aguilhão da serpente." Mensagens Escolhidas Vol. 2, pág. 37.

Que grande contraste entre a descrição apresentada e o verdadeiro plano de DEUS, que é derramar o ESPÍRITO SANTO em grandes reuniões também: "As convocações da igreja, como nas reuniões campais, as assembléias da igreja local, e todas as ocasiões em que há trabalho pessoal em favor das almas, são oportunidades determinadas por DEUS para dar tanto a chuva temporã como a serôdia." Testemunhos Para Ministros e Obreiros Evangélicos, pág. 508. O contraste entre as duas mensagens torna nos leva a crer que Satanás, por meio da música, está tentando barrar, adiar a descida do ESPÍRITO SANTO na chuva serôdia.

Eu aproveito para fazer uma pergunta a você que está organizando ou vai participar de um congresso, ou qualquer outro evento especial: Quem você quer ter como convidado especial nesse evento, o ESPÍRITO SANTO ou os demônios? Esperamos que você tenha prestado bastante atenção no que dissemos até agora.

Eu quero fazer a você outra pergunta: O que você acha da idéia de os irmãos fazerem uma coleta e comprarem uma bateria para colocar aí na sua igreja? Uma bem bonita, toda vermelha com bordas douradas?! Tenho feito essa pergunta em muitas programações, em vários lugares, e as pessoas têm dito que seria um absurdo. Eu vou imaginar que você também tenha dito isso, especialmente depois de conhecer textos como os que mencionamos do Espírito de Profecia. Então eu vou te fazer uma outra pergunta: Se não podemos colocar uma bateria dentro da igreja e tocá-la pra valer, por que estão colocando a bateria aí nas caixas acústicas da igreja, através de CDs e play-backs? Será que alguém está achando que nosso DEUS é surdo? Ou acham que "o que os olhos não vêem o coração não sente"? Você acha que o ESPÍRITO SANTO pode ser derramado na minha ou na sua igreja, em um programa de reavivamento espiritual, enquanto estivermos tocando lá músicas que têm as características mencionadas pelo Espírito de Profecia, que abrem as portas para que demônios estejam presentes? Não era isso que os textos que vimos queria dizer? E não seria um tipo de engano o que vivemos quando irmãos e amigos vêem à igreja desejosos de se prepararem para o céu, mas lhes oferecemos um ambiente que irá acostumá-las a uma espécie de música que não existe no lá? Não é o céu que deve se adaptar a nós, nós é que devemos nos adaptar ao ele, se é que queremos estar lá. Não podemos, ainda que bem intencionados, enganar às pessoas oferecendo-lhes um céu imaginário, com músicas parecidas com as que eles já têm no mundo. Para que elas precisariam vir para a igreja? Para serem diferentes? Diferentes de que, se pretendermos ser iguais ao mundo?

Alguém poderia dizer: Mas as pessoas precisam de novidades, de coisas novas, modernas, especialmente para "segurar" os jovens na igreja. Coitados dos nossos jovens! Parece que estão tentando coagi-los a irem para um céu que não agrada a alguns deles! E a liberdade de escolha, o livre arbítrio? Estaremos tirando deles um direito que o próprio DEUS não pretende tirar?

Vejamos o que nos diz a pena inspirada sobre isso: "Essas coisas que aconteceram no passado hão de ocorrer no futuro. Satanás fará da música um laço pela maneira por que é dirigida. DEUS convida Seu povo, que tem a luz diante de si na Palavra e nos Testemunhos, a ler e considerar, e dar ouvidos. Instruções claras e definidas têm sido dadas a fim de todos entenderem. Mas a comichão do desejo de dar origem a algo de novo dá em resultado doutrinas estranhas, e destrói largamente a influência dos que seriam uma força para o bem, caso mantivessem firme o princípio de sua confiança na verdade que o SENHOR lhes dera."

"‘Portanto convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda a transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição, como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo SENHOR, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram?’ Heb. 2:1-3. ‘Vede irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do DEUS vivo. Antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado. Porque nos tornamos participantes de CRISTO, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim.’ Hebreus 3:12-14." Mensagens Escolhidas Vol. 2, pág. 38.

Voltando um pouco a um dos ponto que mencionamos antes, talvez você esteja intrigado, pois a igreja prega já há muito tempo que Laodicéia é morna e que seu estado é tão abominável que chega a provocar ânsia de vômito no próprio DEUS, que diz "estou a ponto de vomitar-te da minha boca", Apocalipse 3: 16. A mensagem do Espírito de Profecia diz que quando o "testemunho direto contido no conselho da Testemunha Verdadeira à igreja de Laodicéia" for apresentado, "produzirá efeito no coração daquele que o receber, e o levará a empunhar o estandarte e propagar a verdade direta. Alguns não suportarão esse testemunho direto. Levantar-se-ão contra ele, e isto é o que determinará a sacudidura entre o povo de DEUS." - Primeiros Escritos Pág. 270. Outra mensagem diz que a música que estamos ouvindo e tocando em nossas igrejas é um sinal de que a porta da graça está para se fechar. Onde está a reação predita sobre os resultados do testemunho direto? Se o fechamento da porta da graça não está longe, não deveríamos estar vendo o reavivamento começando e pessoas tomando decisões ao lado da verdade ou se opondo a ela?

Considere tudo o que dissemos até aqui. Se falamos alguma coisa durante esta mensagem que não esteja de acordo com o que diz a Bíblia ou com o Espírito de Profecia, nunca mais assista a este vídeo. Se, porém, esta mensagem vem do céu e é coisa séria, estão transmita-a aos seus amigos, pois, eles precisam se preparar. Mas, eu preciso lhe prevenir: quando você alertar às pessoas que o inimigo está tentando atrapalhar o derramamento da chuva serôdia por meio da música dançante e cheia de tambores que está em nosso meio, e que a igreja precisa abandoná-la antes que o ESPÍRITO SANTO possa ser derramado, você estará correndo o sério risco de ver o restante da profecia se cumprir. "Isto produzirá efeito no coração daquele que o receber, e o levará a empunhar o estandarte e propagar a verdade direta. Alguns não suportarão esse testemunho direto. Levantar-se-ão contra ele, e isto é o que determinará a sacudidura entre o povo de DEUS." - Primeiros Escritos Pág. 270.

Você tem medo disso? Pense bem. Você quer mesmo ver JESUS voltar? Está desejoso de que o ESPÍRITO SANTO seja derramado sobre a igreja, completando assim o seu preparo para a volta de JESUS? Você tem o dever de ser uma testemunha de JESUS, como Ele disse em Atos 1: 8. É importante enfatizar que ser uma testemunha é diferente de ser um juiz. A mensagem fala de um "testemunho direto", não de um julgamento direto. Está escrito que "O mundo ficará convencido, não pelo que o púlpito ensina, mas pelo que a igreja vive. O ministério anuncia do púlpito a teoria do evangelho; a piedade prática da igreja demonstra seu poder." Serviço Cristão Pág. 67. A sua maneira de viver deve fazer com que outras pessoas queiram participar do testemunho que você está dando e "levantar alto a verdade". JESUS deseja muito voltar. Ele não voltou ainda porque "é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se." II Pedro 3: 9. ELe está te esperando; Ele quer te salvar. Prepare-se! CRISTO Logo Virá!